7 de jun de 2012

Por DENTRO do Rap: O inicio das gangues

Quando se fala em Gangsta Rap o que vem a mente de muitos é músicas falando sobre "mulheres", "carrões" e "festas", mas a verdade é que isso não tem nada a ver, de um lado sim porque quem não gosta de mulheres?, de carrões e de uma festinha de vez em quando?! Mas quando o assunto é Gangsta Rap a temática é completamente outra, o grupo que fez o Gangsta Rap se tornar conhecido no mundo todo, foi o N.W.A. formado pelo finado Eazy-E, por Dr. Dre, Ice Cube, Mc Ren e Dj Yella, eles falavam sobre a brutalidade da policia, sobre os problemas que afetam as comunidades, as tretas que acontecem nas quebradas, e sobre o tráfico, que é o comércio mais ativo na maioria das periferias, e como nos EUA os Bloods & Crips haviam se espalhados como uma epidemia, e as letras se pareciam muito com o estilo de vidas dos membros de gangues, se deu o nome de Gangsta.


O Inicio dos Cripz

Em 1969, um jovem de Los Angeles chamado Raymond W. de 15 anos e Stanley "Tookie" Williams , organizou um grupo de jovens da vizinhança e queriam criar uma gangue de jovens que já tinham envolvimentos em gangues desde 1964 e tinham feito alguns trabalhos para os Black Panthers.

Stanley "Tookie"


Stanley "Tookie" Williams fundou sua própria gangue os Westside Crips. Os Crips se tornaram conhecidos por Los Angeles, e mais jovens entravam para a gangue. Chegou um momento que os Crips superava as outras gangues em 3 por 1. Em resposta, outras pequenas gangues se juntaram e formaram o que mais tarde seria os Bloods.



Em 1971, o uso da palavra "Crip" se tornou comum entre os membro das Avenues, Crips que se tornou um nome para a gangue. Nesse tempo, Raymond e Stanley "Tookie influenciou jovens de outras areas resultando na formação de várias outras gangues de Crips. Algumas dessas outras gangues são Avalon Garden Crips, Eastside Crips, Inglewood Crips e Westside Crips.

As gangues Crips eram violentas e estavam sempre querendo expandir seus territórios.


Nasce os Bloods


Os Bloods nasceram de uma reunião de vários membros dos Pirus com outras gangues em Los Angeles, e formaram uma aliança chamada Bloods. Já que os Crips usavam a cor azul os Bloods adotaram a cor vermelha como sua bandeira.

Os Bloods são uma das maiores e mais violentas gangues de California, eles tem uma intensa rivalidade com os Crips.

Os membros são conhecidos pela cor vermelha. Vários grupos conhecidos como "sets" formam a organização, que é as vezes divido por inimizade ou pelo bairro.



Por causa de seus métodos violentos, outras gangues se juntaram para se proteger e formaram o que hoje é a gangue dos Bloods.




Uma grande rivalidade se criou entre essas duas gangues através dos anos 70 e 80.

Nasce o Crack no Mundo

Meados dos anos 80 a gangue dos Crips estava envolvida no tráfico de drogas que eles iniciaram e expandiram através dos EUA uma nova droga chamada "Crack". Durante meados de 1980 os Crips criaram várias conexões com outras gangues ao redor da América e países vizinhos.

Dizem que o C-Walk serve para insultar a área de outras gangues rivais. Na música de WC "The Streets" do album Ghetto Heisman, ele e Snoop falam que o C-Walk é somente para os Crips, pois chegou uma época que o C-Walk era feito por alunos de escola, moleques que não eram membros de gangues, inclusive alguns cantores de R&B como B2K.